Os 5 Chakras Superiores

00:10


8° Chakra - Cálice – Energia
Inter-relacionamento de Universos
É o nosso corpo Morontial, que está em muitos de nós sendo reactivado. Sua cor é verde esmeralda e púrpura. É a sede da alma e o 1º chakra da 4º dimensão. Localiza-se aproximadamente 20 cm acima da cabeça na direcção da coluna. Seu símbolo é o cálice receptor da energia Divina, que foi densificada e distribuída pelo 9º chakra. Ele filtra e purifica as energias cósmicas dos 12 Raios, regulando-as e permeando-as para o uso nos campos energéticos humanos. Seu elemento é Graal e funciona como um receptor de energias. É o responsável pela expressão da sabedoria superior e formador da essência humana.
Relaciona-se com o corpo Energia. Ajuda a tornar-se uno com o planeta e com o cosmos. Traz a consciência de outras dimensões e reinos da natureza, como o reino elemental e expressões não físicas do eu.

9° Chakra - Chispa – Essência
Onipresença
Sua cor é verde e azul. Relaciona-se com todo corpo de luz, penetrando na estrutura celular, sub-célula Alegria. Localiza-se aproximadamente a 50 cm acima da cabeça. Seu elemento é “I AM” - “Eu Sou”. Sua função é de irradiar o Amor Universal. Seu símbolo é uma estrela de 6 pontas, contendo em essência, todas as qualidades dos 12 Raios Sagrados.
No centro, reside a Chama Trina, representando a Trindade Solar ou Logos.
Relaciona-se com o corpo Essência. Gera infinitas imagens criadas magneticamente em outras dimensões.

10° Chakra – Plexo Logos – Cosmos
Transfiguração
Sua cor é madrepérola. Localiza-se aproximadamente a 70 cm acima da cabeça Seu elemento é Vida. Sua função é propiciar a entrada segura da Luz Divina nos planos mais densos da manifestação. Sua função é trazer a mônada, ou seja, a Luz das dimensões superiores para os planos de energia mais densos. É esse raio de Luz Divina que faz a conexão do Eu Superior, que é a própria Luz com a chama Trina, Eu Sou. Faz a perfeição das polaridades masculina e feminina. Em desequilíbrio a pessoa se torna homossexual.
Relaciona-se com o corpo Cosmos. Sua energia penetra nas ideias criativas do Cosmos e na matéria do planeta. Nesta frequência é possível criar ideias novas e inventivas, com base em novas combinações da matéria para a realidade pessoal.

11° Chakra - Superior – Mônada
Onisciência – O nível da nossa alma de grupo
Sua cor é o laranja-rosado. Localiza-se aproximadamente a 90 cm acima da cabeça. Seu elemento é Eu Superior ou mônada. Sua função é ancorar a própria Luz Divina nas proximidades dos campos de força do corpo humano. Alinha todas as dimensões dos 4 corpos inferiores. Supera o trauma. Liga o corpo de luz do ser humano com a consciência cósmica. Essa pura Luz possui todas as qualidades Divinas e irradia um de seus Raios de Luz para o ser humano, contendo as 12 qualidades, que são descritas a seguir.
Relaciona-se com o corpo Luz e está associado com a criação do Universo e o pensamento criativo, combinado com a matéria física.

12° Chakra - Fusão - Eterno
Libertação - O nível crístico e do nosso Eu Superior
Sua cor é o dourado cintilante. Localiza-se a aproximadamente um metro e meio acima da cabeça. Seu elemento é o Cosmo. Representa a consciência cósmica. Capta energias cósmicas, mais subtis. É transformativa, que transforma todas as formas e energias do corpo humano.
Relaciona-se com o corpo Eterno e contém Tudo O Que É, o UM.


in, http://www.mestresascensos.com/2011/06/chakras-secundarios.html

Chakras Secundários

23:22

De cada chakra principal, partem algumas correntes (nádís) para distribuir o prána pelos chakras secundários. Há um número indeterminado de chakras secundários no corpo humano. Só nas palmas das mãos temos cerca de 35 em cada. Assim, quando procedemos aos mantras, marcando o ritmo com palmas, estamos estimulando nada menos que 70 pequenos chakras através do atrito. O atrito gera energia térmica e eletricidade estática, manifestações de prána.

Os Chakras secundários dependem dos principais, o mesmo é dizer que se um Chacra principal estiver desequilibrado os seus chacras secundários correspondentes também estão em desequilíbrio

Vejamos alguns dos "principais" chakras secundários


Chakra Umeral:

Fica nas costas, na altura da omoplata esquerda (entre e sobre o pulmão esquerdo. É o chakra espiritual, pois através dele que as energias se conectam. É o chakra mediúnico e de proteção, porque equilibra as energias positivas e negativas em excesso.
É um gerenciador energético. É através dele que recebemos, em primeiro lugar, todos os contatos espirituais. É composto de 02 hélices ou pétalas que giram no sentido horário quando captam energias (incorporação) e no anti-horário quanto repelem energias (desincorporação). Tem coloração variável, mas o azul claro e o verde são predominantes. Oscila entre as outras matizes de acordo com a energia que está sendo captada. 

Esse é um chakra extremamente importante para avaliarmos se estamos com algum problema espiritual. Ele mantém a nossa individualidade e depende do desenvolvimento do chakra do plexo solar, ou seja, da proteção do baço. Ele rege todas as energias que habitam o nosso espaço e as organiza.

Ele também processa as energias do ambiente e, filtra as energias densas que transitam no nosso campo energético. Quanto mais percebemos e desenvolvemos as nossas qualidades vibratórias, mais estaremos trabalhando o chakra umeral. Em uma leitura energética ele serve como um parâmetro para que possamos entender se o paciente está com algum tipo de contaminação energética. 

Basicamente esse chakra se desarmoniza por três fatores:
  1. vivência de padrões pessimistas, negativos e derrotistas. Por exemplo: “tudo na vida para mim é difícil”, ou “esse tipo de coisa só acontece comigo”, “eu não mereço isso”, “eu não tenho capacidade para realizar essa tarefa”, etc.
  2. quando a pessoa está tão desarmonizada (buracos áuricos), que acaba ficando exposta, vulnerável à energia dos ambientes ou pessoas com que se encontra, em que haja uma vibração não muito boa. 
  3. por energias intrusas ou espíritos obsessores. É importante que saibamos diferenciar quando uma desarmonia espiritual está relacionada com o chakra coronário que é por onde recebemos a energia cósmica ou com o umeral que conta o grau de vulnerabilidade que o paciente está em relação a energias negativas

Chakras das Mãos :
Localizados na região central das palmas das mãos. Caracterizados por estarem numa região terminal do corpo, denotam ponto de entrada ou escape de energia. São os chakras de ativação mais fácil e segura, sendo que sua ativação permite o desenvolvimento da capacidade de sentir energias sutis e também de sentir a aura. Manipulação energética. São pontos de entrada ou escape de energia.

Chakras dos Pés:
Localizado nas solas dos pés, sua finalidade é descarregar energia elétrica (estática) gerada pelo corpo físico (Um dos pés a energia é aferente = Conduz de fora para dentro. No outro é eferente = Conduz de Dentro para fora), como também a absorção prânica. Aterramento. Relação com a Mãe Terra. Estabilidade em geral. 

Chakra do Joelho:
Atua como um transformador, regulando a quantidade de corrente que deve entrar no corpo. Aprendendo e ensinando. Flexibilidade em lidar com grandes quantidades de energia. 

Os Chakras do Bico do Peito:
Nutrição/Responsabilidade - Posição: Bicos do Peito: Esses chakras organizam energias que são relacionadas com a nossa nutrição - em todos os níveis possíveis - e a nutrição das pessoas das quais gostamos. Também organiza a maneira com que lidamos com a responsabilidade.

Os Chakras Yin/Yang (ombros):
Posição: No centro de cada ombro. A energia é direcionada para o céu. No ombro direito fica o Chakra Yang. No ombro esquerdo fica o Chakra Yin.O Chakra Yang organiza o 1º, 3º e 5º chakras principais. O Chakra Yin organiza o 2º, 4º e 6º chakras principais.
Os Chakras Yin/Yang trabalham com os respectivos chakras principais relacionados acima, de forma semelhante àquela com a qual o 7º chakra trabalha com todos os chakras principais. 
Os Chakras dos Tornozelos: 
A flexibilidade de ficar centrado durante mudanças na vida. Flexibilidade em como ganhar a vida. 

O Pa Kua Superior:
Organiza o fluxo de energia para o tórax, ombros, braços, pescoço e cabeça. 

O Pa Kua Inferior:
Organiza o fluxo de energia para as pernas, pélvis, espinha em geral e barriga. 

Chakra do Timo e Alta Major
O chakra do timo é associado com a energia crística (situa-se entre o chakra cardíaco e o laríngeo); e o "alta major" é associado com a canalização (situa-se na parte de trás das nossas cabeças, abaixo da nossa região occipital).”

Chakra Void
“Cercando os chakras: umbilical e o plexo solar, está o Void que representa o princípio do mestre dentro de nós. Quando a Kundalini é despertada e passa através do Void, esse princípio do mestre é estabelecido:
“Assim, como diz Shri Mataji, na Sahaja Yoga, você se torna seu próprio guru. É capaz de se livrar de tudo que o escraviza, tornando-se o seu próprio mestre.”

Câmara Secreta do Coração
“Este é o Chakra Secreto ligado ao oitavo raio, ele tem oito pétalas, situa-se atrás do chakra do coração. Este é o lugar sagrado de Deus no homem, é aqui que se encontra o altar secreto do nosso Santo Cristo Pessoal. Neste altar podemos colocar tudo o que nos é mais sagrado como uma espada de luz ou um manto da invisibilidade.”

Chakra do Diafragma
Situa-se entre os chakras: cardíaco e plexo solar. Por estar relacionado ao plexo solar, está intimamente ligado às emoções, sendo assim, ele atua no equilíbrio das energias irradiadas e recebidas para os outros chakras. Fica no centro do peito, na linha dos mamilos e através dele podemos eliminar muito do lixo kármico que nos impede de atingir nossos objetivos.

Chakras

Exercício da Cela - despertar o chakra do Coração

23:01

Olá a todos!

Hoje é dia de São Valentim mais conhecido como  Dia dos Namorados. Pessoalmente considero este dia um dia para celebrar o amor nas mais puras formas, mais do que e somente a paixão entre amantes. 
Vamos todos celebrar o altruísmo, a partilha e o amor universal. Aqui fica um exercício específico para despertar o chakra do Coração e alinhar-se com o Amor Maior.

É muito simples e rápido de fazer, assim como sua atuação em nós, e não lhe tomará mais que uns minutos por dia. Nunca se esqueça que antes de qualquer exercício deve fazer uma ancoragem.

Deite-se confortavelmente, numa hora na que não será interrompido; comece imaginando que está muito pequeno, diminuto, parado em sua garganta, dentro dela, e vendo seu corpo como é na realidade.

Depois comece a descender pela garganta, caminhando pelos condutos que o levarão até seu Coração; o melhor será procurar um livro simples de biologia, e ver o esquema do corpo humano para ter uma idéia aproximada, dos lugares por onde caminhar.

Quando chegar ao seu Coração, o verá enorme diante de você, pulsando no ritmo das batidas cardíacas; “veja” nele uma porta, aproxime-se, abra-a e entre.

Dentro dele verá uma peça semelhante a dos monges nos mosteiros; nela não ha nada mais que uma cama e um oratório.Dirija-se a ele, ajoelhe-se e faça uma prece simples, ao seu Anjo da Guarda, ou ao Criador, ou a Deusa, mas que seja algo simples e curto.

Depois disso, levante-se, saia pela porta por onde entrou, e faça todo o caminho inverso até a sua garganta.

É importante na magia, sempre que realizarmos um ritual, que ao terminá-lo, sejam feitos todos os passos no sentido inverso, para não deixar “portas abertas” a outros mundos, evitando assim que coisas ou seres indesejáveis nos sigam e nos prejudiquem de alguma forma; fazendo-o evitará um “caminhão de problemas”, nunca esqueça disto.

Este simples exercício é realmente eficiente, e é provável que em um par de dias ou antes, sinta como se seu peito estivesse inchado, semelhante a quando a gente inspira profundamente e levanta o peito para que entre mais ar.

Estou falando somente da sensação, pois fisicamente estará igual que sempre; não se assuste se isto acontecer, pois demora dois ou três dias, para acostumar-se a “respirar” nos planos superiores, o que traz essa sessação as primeiras vezes que vamos a eles; e isso vai acontecer cada vez que contatar planos mais elevados de consciência, mas com menor intensidade.

Como disse, não se assuste, ainda que se sentirá bastante incomodo, será uma agradável sensação de amor e carinho, sem propósito ou dirigido a nada nem a ninguém em particular.

A Tradição diz que este é o único chakra que se pode despertar sem perigo, e sem ajuda de nenhum Maestro para orientá-lo ou dirigir seu trabalho.

Isso também se aplica ao trabalho com todos os chakras juntos, pois, nesse caso estará trabalhando em equilíbrio, o que somente lhe trará estabilidade e Paz. 

In´lakesh


Chakras

Muladhara

23:18

1º Chakra

Nome sânscrito:  Muladhara

Significado:  raiz ou suporte

Localização: entre o ânus e os órgãos genitais

Mantra: LAM

Cores associadas: vermelho

Função: sobrevivência, necessidades físicas

Glândula correspondente: supra-renal

Órgão correspondente: ossos, estrutura esquelética, orifícios externos de excreção (recto, ânus, uretra)

Disfunção física: osteoartrite, hemorróidas, fissuras rectais

Disfunção emocional: letargia mental, cabeça no ar, incapacidade de estar tranquilo

Alimento correspondente: proteínas, carne

Elemento: terra

Planeta: Saturno

Signo: Capricórnio

Sentido: olfacto

Aromaterapia: Cedro, Mirra, Patchouli

Cristais: Hematite, Olho-de-Tigre, Bloodstone

Essências Florais: Waratah, Red Lily, Bush Iris, Lírio Real, Pepo, Pomegranate,Aggression-orchid

Animal: elefante

Arquétipo: vítima

Lição a aprender: defesa

Idade de manifestação: 1 – 8 anos


                                                                                ***************


1st Chakra

Sanskrit name: Muladhara

Meaning: root or support

Location: between the anus and genitals

Mantra: LAM

Associated colors: red

Function: survival, physical needs

Corresponding gland: adrenal

Corresponding organ: bone, skeletal structure, the outer holes of excretion (rectum, anus, urethra)

Physical dysfunction: osteoarthritis, hemorrhoids, rectal fissures

Emotional dysfunction: mental lethargy, head in the air, inability to be quiet

Food Match: protein, meat

Element: Earth

Planet: Saturn

Zodiac: Capricorn

Sense: smell

Aromatherapy: Cedarwood, Myrrh, Patchouli

Crystals: Hematite, Tiger-Eye, Bloodstone

Flower Essences:
Waratah, Red Lily, Bush Iris, Royal Lily, Pepo Pomegranate,Aggression-orchid

Animal: Elephant

Archetype: victim

Lesson to learn: defense

Age of
manifestation: 1 - 8 years

Astrologia

MANTRAS ASTROLÓGICOS - ASTROLOGICAL MANTRAS

22:54




OM SAN SANIAIÊ NAMAH OM (Mantra de saturno para responsabilidade, prudência e modéstia - Saturn Mantra for  responsibility, prudence and modesty)

OM BRAM BRIM BRAUM SAH BUDHAIA NAMAH (Mantra de Mercúrio para poder e agilidade mental, capacidade de expressão falada e escrita - Mercury Mantra for power, mental agility and ability to communicate by spoken and written word)

OM DRAM DRIM DRAUM SAH SUKRAIA NAMAH (Mantra de Vênus para estabilizar a vida, altruísmo, harmonia, senso estético e serenidade - Venus Mantra to stabilize life, for altruism, harmony, serenity and aesthetic sense)

OM KUJAIE NAMAHÁ OM (Mantra de Marte para luta, coragem, senso de justiça, espirito pioneiro e poder de liderança - Mars Mantra for fight, courage, sense of justice, pioneering spirit and power of leadership)

OM GRAM GRIM GRAUM SAH GURVE NAMAHÁ (Mantra de Júpiter para simpatia, jovialidade, esperança, desprendimento e senso de justiça - Jupiter Mantra for sympathy, cheerfulness, hope, selflessness and sense of justice)

OM HRAM HRIM HRAUM SAH SURIAIA NAMAHÁ (Mantra do Sol para autoconfiança, autoconhecimento, entusiasmo, criatividade, liderança e brilho pessoal - Sun Mantra for self-reliance, self-knowledge, enthusiasm, creativity, leadership and personal brilliance)

OM SOM SOMAIA NAMAHÁ OM (Mantra da Lua para superar medo, raiva, mágoa e tristeza - Moon Mantra  to overcome fear, anger, hurt and sadness)


In' Lakesh

Popular Posts

Like us on Facebook